Rio das Ostras, cidade do jazz. Contribuição da música para o bem-estar e desenvolvimento local alcançados neste território

Autores

  • Micael Herschmann Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRJ
  • Indira Rodrigues de Oliveira Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRJ
  • Cintia Sanmartin Fernandes Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UERJ

DOI:

https://doi.org/10.29397/reciis.v11i2.1304

Palavras-chave:

Comunicação, música, cultura urbana, políticas públicas, desenvolvimento local

Resumo

A partir não só de levantamento de matérias veiculadas na mídia tradicional e de dados socioeconômicos do território, mas também de observações de campo, conversas informais e entrevistas semiestruturadas (realizadas com lideranças, moradores, autoridades, produtores e fãs de jazz), buscou-se neste artigo avaliar o papel da música (ao lado dos royalties do petróleo) nos patamares de desenvolvimento alcançados pela cidade de Rio das Ostras (na região norte fluminense). Em outras palavras, busca-se repensar a relevância do conhecido Festival de Jazz & Blues de Rio das Ostras nos processos de ressignificação desta urbe, isto é, a capacidade deste evento musical em contribuir para a: integração social do território (ampliando as sinergias entre os atores e instituições desta região), geração de novos empregos e melhoria significativa da qualidade de vida e bem-estar da população local.

Downloads

Publicado

2017-06-29

Edição

Seção

Artigos originais