Apoio a projetos de divulgação científica: análise de edital realizado pela Fundação Oswaldo Cruz

Luisa Massarani, Willian Vieira de Abreu, Jessica Norberto Rocha

Resumo


Este artigo objetiva analisar, por meio de métodos quantitativos e qualitativos e análise de conteúdo, as 145 propostas submetidas ao edital de apoio a projetos de divulgação científica, realizado pela Fundação Oswaldo Cruz, em 2018, visando compreender a demanda existente e dar subsídios para a elaboração de uma política institucional. Foram definidas categorias de análise, tendo em vista a identificação e caracterização do perfil dos proponentes e projetos. Os resultados indicam que, embora haja concentração de projetos na região Sudeste, profissionais de nove estados brasileiros participaram da convocatória, sendo 63% das propostas submetidas por mulheres. Apenas 40% dos projetos previam ação/estratégia de avaliação e somente 7% mencionaram ações de acessibilidade, tema prioritário na Fiocruz. Destacamos, por fim, a necessidade de oferecer frequentemente editais desse tipo, associados ao desenvolvimento de programas e capacitação da comunidade da Fiocruz para estabelecer o diálogo com a sociedade, de forma diversificada, abrangente, acessível e inclusiva.


Palavras-chave


Divulgação científica; Engajamento público na ciência; Fundação Oswaldo Cruz; Editais; Popularização da ciência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v13i2.1646

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil