Preservação sistêmica para repositórios arquivísticos

Henrique Machado dos Santos, Daniel Flores

Resumo


Este estudo realiza uma reflxão sobre a preservação de documentos arquivísticos digitais em uma perspectiva sistêmica, pautada em padrões reconhecidos pela literatura científia. De tal forma, utilizase da visão holística para ressaltar a pertinência da preservação ser pensada em todo o ciclo de vida dos documentos. A metodologia parte do levantamento bibliográfio composto por artigos, livros e publicações técnicas, para assim, obter uma revisão narrativa. Ressalta-se que a preservação digital tem evoluído para novos patamares e requer o uso de padrões para implementar sistemas informatizados confiveis. Com isso, pode-se envolver todo o ciclo vital em uma cadeia de custódia ininterrupta capaz de assegurar a autenticidade dos documentos digitais. Por fi, defende-se uma abordagem sistêmico-holística, em que os documentos são planejados e produzidos tendo em vista a preservação e o acesso em longo prazo.

Palavras-chave


Preservação digital; Documentos digitais; Repositórios digitais; Cadeia de custódia; Documento arquivístico; Arquivologia; Gestão de documentos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v14i3.2089

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil