Preservação digital: estudo exploratório sobre a literatura científica e as redes sociais colaborativas no Brasil

Aureliana Lopes de Lacerda Tavares, Isa Maria Freire

Resumo


Apresenta um mapeamento realizado na Base de Dados em Ciência da Informação sobre preservação digital, objetivando identifiar autores, instituições e periódicos científicos que disseminaram essa temática no Brasil entre 2000 e 2019. Toma como base um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualiquantitativa dos dados analisados. Utiliza a metodologia de Análise de Redes Sociais para caracterizar as relações das redes de coautorias que se estabelecem via produção científica sobre o tema em questão. O corpus fial foi constituído por 61 artigos que apontam para um crescente interesse nas publicações sobre o tema na Ciência da Informação, ainda destaca 24 periódicos científicos que divulgaram essas pesquisas e 25 instituições onde se concentram os pesquisadores da área. Na análise de redes, destaca a colaboração científica como prática na produção do conhecimento divulgado, muito embora essa rede seja formada por sub-redes – o que a caracteriza como fragmentada e de baixa densidade.


Palavras-chave


Preservação digital; Comunicação científica; Redes sociais; Colaboração científica; Ciência da Informação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v14i3.2108

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil