O papel dos líderes diante da pandemia de Covid-19

Carlos Pernisa Júnior

Resumo


A atuação de líderes de diversos países pode ser determinante no enfrentamento de uma pandemia, como a de Covid-19. De acordo com suas posturas, entrevistas e discursos, há maneiras diferentes de se encarar a crise de saúde e suas consequências em cada local afetado. Com o intuito de demonstrar como isso vem ocorrendo de modo mais efetivo, este artigo pretende analisar posturas, entrevistas e discursos de presidentes e primeiros-ministros ou chanceleres. Para um recorte que permita verificar melhor como alguns chefes de governo influenciam suas nações, foram escolhidos como exemplos Jacinda Ardern, da Nova Zelândia; Jair Bolsonaro, do Brasil; Angela Merkel, da Alemanha; e Donald Trump, dos Estados Unidos. A análise vai abranger um período específico do início da pandemia, levando em conta os meses de janeiro até abril de 2020.


Palavras-chave


Comunicação; Pandemia; Covid-19; Líderes; Atuação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i2.2189

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil