Experiências de saúde entre mulheres: reflexões a partir de um programa de rádio comunitária

Tatiana Rozenfeld, Wedna Cristina Marinho Galindo

Resumo


A pesquisa teve como objetivo identificar aspectos da relação das mulheres consigo mesmas, com o processo de saúde-doença e com o Serviço Integrado de Saúde (SIS), unidade de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) que trabalha com Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS). O material de estudo analisou entrevistas do programa ‘Mulheres do SIS’, veiculadas por uma Rádio Comunitária local. A avaliação do conteúdo do material indica particularidades no modo como as mulheres se apresentam e referem suas experiências no campo da saúde. Usam seu nome e condição laboral para se apresentarem, não utilizando outros marcadores sociais. As PICS são reconhecidas pelas mulheres como práticas significativas de cuidado pela atenção às singularidades e aos coletivos. A fala-escuta das experiências das mulheres, possibilitada pelo programa de rádio, contribui para legitimar suas existências, historicamente silenciadas.


Palavras-chave


Mulheres; Sistema Único de Saúde; Comunicação em Saúde; Processo Saúde-Doença; Integralidade em Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i2.2264

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil