Proposta de metodologia para análise de redes sociais aplicadas a sites de saúde

Autores

  • Ricardo Barros Sampaio Fundação Oswaldo Cruz, Diretoria Regional de Brasília (DIREB), Coordenação de Gestão e Integração Estratégica (CGIE), Núcleo de Redes, Brasília(DF), Brasil
  • Luana P. Silva Fundação Oswaldo Cruz, Diretoria Regional de Brasília (DIREB), Coordenação de Gestão e Integração Estratégica (CGIE), Núcleo de Redes, Brasília(DF), Brasil
  • Elmo Fagner Sampaio Esteves Fundação Oswaldo Cruz, Diretoria Regional de Brasília (DIREB), Coordenação de Gestão e Integração Estratégica (CGIE), Núcleo de Redes, Brasília(DF), Brasil

DOI:

https://doi.org/10.3395/reciis.v8i1.463

Palavras-chave:

Modularidade, Centralidade, Sites, Gestão, Redes Sociais, Navegador, Internet, Mídias Sociais, Indicadores de Gestão

Resumo

O presente trabalho teve como foco principal a avaliação empírica de métodos aplicáveis no estudo de redes sociotécnicas para sites do governo e outras mídias digitais que discutem ou apresentam informações sobre a saúde. O estudo foi realizado em decorrência de atividades de pesquisa sobre redes sociais realizadas na Fiocruz Brasília. A proposta inicial era entender como estavam relacionados os diferentes ambientes informacionais da Web e se havia uma metodologia que poderia ser aplicada a esse tipo de estudo. O entendimento sobre as relações que se configuram nesses ambientes tecnológicos pôde revelar uma estrutura de contatos e fluxos informacionais diferente das que são percebidas nas redes e esferas não tecnológicas. Como conclusão do trabalho, acreditamos que a utilização de métodos de análise de redes é pertinente a esse tipo de estudo e que pode ser aplicada de forma mais extensiva e contínua com o objetivo de proporcionar uma comunicação mais eficaz entre governo e população. Entre os resultados encontrados foi notada uma clara estrutura de relacionamentos entre entidades de áreas similares de saúde, além de sites com alta centralidade ou destaque entre os demais.

Downloads

Edição

Seção

Artigos originais