HIV/Aids, direitos reprodutivos e tecnologias reprodutivas: mapeando diferentes perspectivas

Eliane Portes Vargas, Ivia Maksud, Luciane da Costa Moás, Ruth Britto

Resumo


Este trabalho tem por objetivo compreender como a temática do HIV/Aids vem sendo problematizada na área da Saúde Coletiva, em sua interface com o campo dos denominados “direitos sexuais e reprodutivos” e das tecnologias reprodutivas como uma inovação tecnológica ainda pouco debatida no âmbito das políticas públicas de saúde. Para tanto, examina os marcos do atual debate em torno da reprodução medicamente assistida, tendo em vista os diferentes enfoques encontrados na literatura acadêmica sobre o tema, no âmbito das políticas públicas de saúde voltadas para o HIV/Aids e para as mulheres. Pressupõe que questões históricas e políticas relativas à formação desses campos se refletem na maneira como esse tema, ainda escasso na literatura examinada, tem sido abordado. A análise desenvolvida apóia-se em estudos disponíveis realizados nesse campo, em documentos oficiais e mídia impressa, e reúne um conjunto de reflexões acerca dos temas reprodução assistida, HIV/Aids e direitos reprodutivos.


Palavras-chave


HIV/Aids; tecnologias reprodutivas; direitos reprodutivos

Texto completo:

PDF PDF EN (English)


DOI: https://doi.org/10.3395/reciis.v4i5.482

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil