Ética em pesquisa: avanços e desafios

Autores

  • Dirce Guilhem Universidade de Brasília,, Departamento de Enfermagem, Brasília, DF, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.3395/reciis.v2i0.870

Palavras-chave:

ética em pesquisa, ciência, capacitação, pesquisa, Declaração de Helsinki

Resumo

O tema da ética em pesquisa faz parte da agenda científica em distintos campos do conhecimento. A diversidade dos aspectos envolvidos demonstra a complexidade dos dilemas que emergem nesse cenário. Este texto direciona especial atenção a quatro pontos que merecem reflexão, seja no contexto internacional, seja no nacional: o vínculo existente entre método e ética em pesquisas, o processo de treinamento e capacitação de jovens cientistas, a defesa de um único standard para a realização de pesquisas colaborativas internacionais e a proposta de revisão do atual texto da Declaração de Helsinque. A análise desses pontos permite verificar que houve avanços significativos nesse campo, porém a constante tentativa de flexibilizar os requisitos éticos utilizados para nortear a prática científica pode ocasionar um retrocesso que terá sérias conseqüências para os participantes dos estudos. O Brasil é um país privilegiado, pois o sistema brasileiro de revisão ética das pesquisas – o Sistema CEP/Conep – está vinculado ao controle social, o que garante originalidade e legitimidade ao sistema para defender os interesses e direitos das pessoas incluídas nos estudos.

Publicado

2008-12-31