Estudo de métodos mistos de diagnóstico de câncer de pulmão que afetam a qualidade de vida

Autores

  • Carina Berterö Universidade de Linköping, Faculdade de Ciências da Saúde, Linköping, Suécia

DOI:

https://doi.org/10.3395/reciis.v2i1.828

Palavras-chave:

Câncer de pulmão, qualidade de vida, situação da vida, EORTC QLQ C30 - LC13, métodos mistos

Resumo

Os objetivos deste estudo eram avaliar a qualidade de vida (QV) em pacientes com um câncer de pulmão inoperável recentemente diagnosticado e comparar os números da QV com os resultados de um estudo de entrevista qualitativa. Foi usado um projeto de triangulação simultânea descritiva dos métodos mistos para alcançar objetivos específicos. Vinte e três pacientes participaram do projeto. A QV foi avaliada através de dois questionários; Organização Européia para Pesquisa e Tratamento de Câncer, EORTC-C30, e o módulo complementar específico para câncer de pulmão, o QOL-LC-13. Os dados foram analisados de acordo com os procedimentos recomendados pela EORTC. Estes resultados foram comparados com os resultados de um estudo de entrevista qualitativa. Todos os questionários EORTC-QLQC30 + LC-13 foram preenchidos, já que havia apenas 23 entrevistados, e foram calculados os valores médios ao nível individual. A QV foi classificada pelo paciente com uma pontuação média de 4.5. Nas entrevistas de QV esta foi expressa como vida normal. Parece, com relação à medição de escalas funcionais e QV global, que existem resultados semelhantes usando um questionário ou uma entrevista qualitativa. Conseqüentemente, a entrevista qualitativa proporcionou maior multiplicidade e conhecimento mais profundo sobre os diversos domínios. Os resultados desta comparação enfatizam a importância de se identificar a QV a partir das perspectivas destes pacientes.

Publicado

2008-01-31

Edição

Seção

Artigos originais