Biblioterapia: estudo comparativo das práticas biblioterápicas brasileiras e norte- americanas

Autores

  • Andréa Pereira Santos Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil
  • Rubem Borges Teixeira Ramos Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil
  • Thais Caroline Silva Sousa Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.29397/reciis.v11i2.1072

Palavras-chave:

biblioterapia, leitura terapêutica, projetos de biblioterapia, biblioterapia brasileira e norte-americana, revisão de literatura.

Resumo

A biblioterapia é um processo de leitura que auxilia as pessoas a controlarem seus sentimentos e assim buscarem estratégias para resolver seus problemas tanto de ordem psicológica quanto física. A partir dessa afirmação e sabendo da necessidade de aprofundamento nessa área, apresentamos uma revisão de literatura sobre o tema no contexto nacional e norte-americano. Buscamos apresentar uma breve descrição do processo de leitura, em especial da leitura terapêutica e de sua aplicação nas práticas biblioterapêuticas. No Brasil, os projetos de biblioterapia revelaram práticas voltadas para a leitura de livros, música, desenhos e outros instrumentos em escolas, asilos, hospitais, etc. Os norte-americanos utilizaram como instrumento em seus projetos fundamentalmente a leitura de livros. Percebe-se que a biblioterapia possui resultados positivos nos dois países. Concluímos que a prática da biblioterapia contribui para melhorar a qualidade de vida.

Downloads

Publicado

2017-06-29

Edição

Seção

Artigos de revisão