Legitimidade de fontes e opinião sobre coronavírus em O Grande Debate

Juliana Costa, Kênia Maia

Resumo


A partir do tensionamento de conceitos como objetividade e opinião no jornalismo, polarização espetacularizada e abordagem da saúde pelo jornalismo, o artigo reflete sobre a legitimidade das fontes às quais recorrem os participantes de O Grande Debate, da CNN Brasil. Foram observadas 14 edições do quadro, com o registro das estratégias empregadas pelos comentaristas, a fim de identificar os padrões de legitimidade e de legitimação das fontes. Percebemos que foram acionadas fontes oficiais ou documentais e também fontes falsas ou pseudofontes, contribuindo para a equiparação entre opinião, fato e inverdade nos debates sobre o novo coronavírus.


Palavras-chave


Fontes jornalísticas; Opinião; Pandemia; Covid-19; CNN Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i2.2192

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil