Uso de Tecnologia da Informação e Comunicação YouTube para produção e divulgação de conteúdo sobre o curso de medicina: experiências dos acadêmicos

Marcela Costa de Almeida Silva, Paulo Ricardo dos Santos, Letícia Cristina Oliveira Dias, Johnatan Reis da Silva, Aridiane Alves Ribeiro

Resumo


Este artigo objetivou descrever a experiência e a avaliação do uso de tecnologias digitais como estratégia de divulgação por discentes de um curso de medicina criado pelo Programa Mais Médicos. Trata-se de relato de experiência sobre o desenvolvimento de um canal no YouTube para divulgar a graduação de medicina da Universidade Federal de Jataí. Procedeu-se avaliação quantitativa e qualitativa dos indicadores do canal. A partir de setembro de 2017, a equipe se organizou em cinco grupos de trabalho: pauta, redação, atualização, gravação e edição. Ressaltam-se como resultados: 17 vídeos, 607 inscritos e 34.757 visualizações. Percebeu-se engajamento e demanda de informações pelos usuários, aumento contínuo do número de acessos e picos em períodos de abertura de vagas de vestibulares e comentários. As experiências contribuíram para aprimoramento de habilidades extracurriculares dos estudantes envolvidos. O canal pôde auxiliar ingressantes no Ensino Superior na tomada de decisão e motivação pela escolha do curso.


Palavras-chave


Multimídia de comunicação; Educação superior; Educação médica; Tecnologia da informação; Medicina.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/reciis.v15i2.2222

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN 1981-6278 

Icict - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde

Fundação Oswaldo Cruz | Ministério da Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900
Rio de Janeiro | Brasil